Visualizar impressão Fechar

Mostrando 41 resultados

Descrição arquivística
Séries
Opções de pesquisa avançada
Visualizar impressão Visualizar:

2 resultados com objetos digitais Mostrar os resultados com objetos digitais

3. Bibliotheke: Preservando e disseminando o conhecimento através dos tempos

A mostra contará um pouco sobre a evolução do ofício de bibliotecário sob a ótica da história das bibliotecas, e também sobre a origem da Biblioteca em Educação do Inep e seu desenvolvimento até o presente momento. Para celebrar a data, convidamos bibliotecários que exercem sua profissão no Inep a compartilhar um pouco do seu trabalho e trazer algumas indicações de livros que compõem nosso acervo, os quais estão expostos na presente mostra e disponíveis para empréstimos. Além disso, na seção “Amor à Primeira Página”, convidamos o público a um encontro às cegas com um livro baseado apenas em um trecho de sua primeira página.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

2. Herança Cultural Afro-Brasileira no Acervo Histórico do INEP

O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, foi instituído oficialmente pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. Por essa ocasião, em 2022 a equipe da Coordenação-geral de Disseminação de Informações (CGDI) do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira homenageia Chica Xavier com o lançamento da exposição virtual “Herança Cultural Afro-Brasileira no Acervo Histórico do Inep”.
Para além da grande relevância artística de Chica, a CGDI visa honrar a participação dela na administração pública de órgãos que se dedicam à educação brasileira e trazer à tona o fato pouco conhecido de que a artista foi também servidora.
A mostra reúne diversos documentos institucionais e fotografias da época em que ela trabalhou no MEC e no Inep, além de diversas obras que estão sob a guarda do Instituto e retratam aspectos culturais e religiosos da cultura afro-brasileira.
A data escolhida faz referência à morte de Zumbi, em 20 de novembro de 1695. A figura do então líder do Quilombo dos Palmares, situado em um território que hoje pertence a Alagoas, é considerada como um símbolo da luta e resistência dos negros escravizados no Brasil, também representa uma forma de valorizar a cultura, a história, as lutas por direitos e o papel político dos afro-brasileiros na sociedade e para tomarmos consciência do racismo que nos cerca e nos posicionar por mudanças.

Resultados 1 até 25 de 41